A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), através do Observatório da Seguridade Social e Sistemas da Justiça do Departamento de Saúde Pública (SPB/CCS), firmou acordo de cooperação com a University of British Columbia (UBC), no Canadá. O acordo assinado é fruto da visita técnica a UBC realizada em 2017 e de atividades desenvolvidas pelo Observatório da Seguridade Social e Sistema de Justiça e do grupo de pesquisa Violência e Saúde, coordenados pelas professoras Sheila Lindner e Elza Coelho.

A parceria visa fortalecer as relações e incentivar a cooperação entre as Instituições nas áreas de Saúde Prisional e Saúde Populacional.  O acordo pode ajudar no desenvolvimento de novas ações para melhoria do quadro de saúde da população em privação de liberdade do Brasil, além de proporcionar o desenvolvimento de pesquisas, o intercâmbio de professores, estudantes de graduação, pós-graduação e pesquisadores das diversas áreas da Saúde Coletiva.

Algumas das atividades a serem desenvolvidas são: troca de informações e visitas acadêmicas, incluindo trabalhos de pesquisas e teses; atividades de pesquisas colaborativas sobre os temas da saúde prisional e saúde da população; participações em reuniões acadêmicas, fóruns e conferências; atividades conjuntas, tais como: conferências, seminários, workshops e exposições; e revisão de outras possíveis áreas de cooperação em pesquisas acadêmicas.

Em Vancouver, a parceria será coordenada pela professora Ruth Elwood Martin, diretora do The Collaborating Centre for Prison Health and Education/CCPHE (Centro Colaborador para Saúde e Educação Penitenciária) da School of Population and Public Health, University of British Columbia (UBC).

Visita técnica

Em 2017, durante os dias 06 e 14 de maio, os professores do SPB da UFSC, Fabrício Augusto Menegon e Sheila Rubia Lindner, estiveram para articular o convênio e conhecer os projetos desenvolvidos pela UBC sobre a garantia dos direitos humanos, especialmente na área de assistência à saúde das pessoas privadas de liberdade. Como resultado, eles produziram uma carta de entendimento entre as instituições, a carta foi o primeiro passo para consolidação da parceria.

Pesquisas em Saúde Prisional

Atualmente, o SPB trabalha a saúde prisional em ações de extensão no Curso de Atenção à Saúde das Pessoas Privadas de Liberdade, coordenado pela Professora Elza Coelho, este ofertado a distância pelo Ministério da Saúde sob liderança do Grupo de Pesquisa Violência e Saúde. As discussões relacionadas a temática da garantia de salvaguardas às pessoas em privação de liberdade vem sendo objeto de análise do Observatório da Seguridade Social e Sistemas de Justiça (OSJ) sob coordenação da Professora Sheila Lindner.

Comments are closed.