Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC

Na última segunda-feira (03), o Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva, do Departamento de Saúde Pública – SPB, realizou na UFSC ato público em defesa do SUS e homenagem aos médicos cubanos que atuaram no Programa Mais Médicos. O evento deu-se com a formação de mesa para despedida dos médicos cubanos participantes do Programa Mais Médicos (PMM), que, desde 14 de novembro de 2018 não tem mais a nação caribenha entre seus participantes. Criado no segundo semestre de 2013, o Programa foi concebido para enfrentar a falta de médicos, principalmente nas regiões mais carentes, e para aprimorar a Atenção Básica no Brasil. Em dois anos, o Programa já atendia cerca de 63 milhões de pessoas.

Confira na íntegra a matéria produzida pela Agecom – UFSC, clique aqui.

Texto: Gabriel Martins/Agecom/UFSC

Comments are closed.